Para criar uma empresa com investimento estrangeiro na China, há sete pontos críticos a considerar. Cada etapa é crucial para garantir que sua empresa esteja em conformidade com as regulamentações locais e esteja preparada para o sucesso.

Empresa com investimento estrangeiro na China: como abrir uma

Olá, bem-vindo(a) ao Cathytax!

Para criar uma empresa com investimento estrangeiro na China, há sete pontos críticos a considerar. Igualmente importante mencionar que cada etapa é crucial para garantir que o seu negócio esteja em conformidade com as regulamentações locais e esteja preparado para o sucesso.

Neste artigo listamos as principais informações que você precisa saber sobre esse assunto.

1. Quem será o(s) acionista(s)?

Os acionistas podem ser empresas estrangeiras ou estrangeiros individuais. Acima de tudo, esta decisão é fundamental, pois molda a estrutura acionária da sua empresa e tem implicações nas responsabilidades fiscais e legais.

Atrás de uma mesa de escritório segurando um pequeno globo, uma garota apontando para a região asiática, plantas ao fundo e um laptop no lado esquerdo da imagem. Esta imagem ilustra empresa com investimento estrangeiro na China.

2. Quem assumirá o papel de representante legal?

Esta função, semelhante à de um CEO, pode ser desempenhada por um estrangeiro ou por um cidadão chinês. O representante legal é fundamental, pois representará a empresa em todas as situações oficiais e assinará documentos legais e contratos comerciais. Afinal, a escolha do representante legal é vital para a situação operacional e jurídica do seu negócio na China.

3. Quem será o supervisor da empresa com investimento estrangeiro na China?

O supervisor representa os interesses dos acionistas e supervisiona as operações da empresa. Acima de tudo, este papel é essencial para manter a responsabilização e garantir que as atividades da empresa estão alinhadas com as expectativas dos acionistas.

4. Onde será o endereço de registro?

Você precisa escolher uma cidade e alugar um local comercial ou industrial para registrar a licença da empresa. Igualmente importante é dizer que a localização da sua empresa na China pode impactar significativamente o seu negócio, desde as políticas fiscais locais até a acessibilidade ao mercado.

5. Qual é o nome chinês da empresa?

Apenas o nome chinês será oficialmente registrado na licença comercial. O nome em inglês pode ser arquivado em outra documentação auxiliar. Esta etapa é crucial porque envolve não apenas a tradução, mas também a compreensão das nuances culturais e da percepção da marca no mercado chinês.

6. Qual é o escopo do negócio?

Pode incluir comércio, importação e exportação, serviços ou manufatura. Basicamente, você deve especificar categorias de produtos ou serviços. Definir o escopo do seu negócio é vital, pois determina as atividades que sua empresa está legalmente autorizada a realizar na China.

7. Quanto é o capital de registro de uma empresa com investimento estrangeiro na China?

Não há limite mínimo para o capital. Você pode escolher um valor baixo ou superior para iniciar o negócio com fundos suficientes. Consequentemente, essa flexibilidade permite que as empresas comecem pequenas e aumentem à medida que crescem.

Por fim, leva cerca de um a dois meses para constituir a empresa, concluir todos os registros necessários e abrir contas bancárias. No entanto, o processo, embora complexo, abre as portas ao vasto mercado chinês.

Por fim, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco para obter mais detalhes e orientações nesta jornada complexa, porém gratificante, de estabelecer seu negócio na China.

Sign Up for our Newsletter

Don't miss new updates and articles on your email